Seguidores

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

24 h como água para chocolate

E este fim-de-semana foi assim: 24 horas para ler este livro da Laura Esquível que há muito tinha na prateleira dos "próximos". 
Fui ao encontro mensal do Clube de Leitura, onde se falou sobretudo dos livros lidos anteriormente:

E dos próximos a ler:


E eu vim com vontade desta leitura há muito adiada! E assim foi, entre sábado à noite e domingo à tarde li o livro "Como água para Chocolate", da Laura Esquivel. Enfim, é como diz o ditado "a cada maluco, a sua mania!"


"O característico realismo mágico sul-americano associa-se, nesta obra, à culinária, fazendo deste um livro deveras peculiar. Em cada capítulo há uma nova receita, cada uma um novo mote da história.
A principal é Tita, a mais nova de três irmãs. A tradição consagrou-a ao serviço da família, em especial da mãe, de quem deve cuidar na velhice. Como tal, não deve apaixonar-se e está proibida de se casar. Por isso, quando o seu amado Pedro lhe pede a mão em casamento, tudo se complica. As famílias chegam a um acordo, e Pedro acaba por casar com a irmã mais velha de Tita. Perante tão desesperante situação, a protagonista procura na cozinha um espaço de evasão, executando receitas ou tecendo feitiços, não fossem ambas as coisas tão semelhantes ou até, como nos mostra Tita, duas artes inseparáveis.
A narrativa é apresentada com modo simples e conciso, com tom animado e numa linguagem quase familiar. Tal permite uma eficaz proximidade com as personagens e os acontecimentos. As descrições não são extensas nem particularmente pormenorizadas, sendo muito fácil visualizar o ambiente, em especial a cozinha, onde tanto se passa." (Adaptado de de http://oslivros.blogs.sapo.pt/86871.html)

Gostei bastante!
Agora vou reler o "Retrato a Sépia", que é o livro deste mês! Li-o durante o Euro 2004, lembro-me perfeitamente. Vamos ver agora, passados quase 10 anos, o que vou achar!!

Até breve!


4 comentários:

  1. Adoro ler!
    A sombra do vento deve ser um dos meus livros preferidos de sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tb faço um balanço final francamente positivo. ;)

      Eliminar
  2. Olá!

    De todos os que mostraste aqui só não li "O Homem de Constantinopla" porque não gosto do escritor!
    Os outros são todos interessantes (dentro do seu género) se bem que "A Sombra do Vento" me deixou fã deste escritor. Se ainda não leste não percas os outros dois desta trilogia (meio maluca, mas excelente do Zafon): "O Jogo do Anjo" e "O Prisioneiro do Céu".
    Do Afonso Cruz este não foi o primeiro livro que li, o primeiro foi "Os Livros que Devoraram o meu Pai" e fiquei logo uma leitora incondicional deste escritos multifacetado, que tem também ilustrações fantásticas.
    Desculpa o comentário grande, mas os livros são uma das grandes paixões da minha vida!

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Curiosamente, eu gosto mais dele como escritor do que como jornalista!! :)
    Do Zafón ainda só li este, o segundo está em lista de espera e eu ansiosa para lhe pegar.
    Em relação a Afonso Cruz, tb só li este e não me agradou especialmente, se esse que falas existir na biblioteca, ainda faço outra tentativa. Vamos ver.
    Agora estou em fase"Homem de Constatinopla".
    E não tens que pedir desculpa pela extensão do comentário!!!
    Bom fim-de-semana.
    :)

    ResponderEliminar