Seguidores

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Atelier de Saberes Partilhados

Na minha Aldeia, como em todas as aldeias por esse país fora, há pouco comércio, poucos serviços, poucas pessoas... No entanto, os que cá estão esforçam-se por fazer muito com pouco e valorizar o que temos de melhor. E quando isso acontece, conseguimos fazer coisas fantásticas e eu sinto-me privilegiada por fazer parte de duas Aldeias.
Numa dessas minha Aldeias, um conjunto de senhoras, apenas com boa vontade e uma sala na junta de freguesia, criou o "Atelier de Saberes Partilhados". Cada uma ensina o que sabe às outras e todos são bem-vindos, mesmo quem, como eu, vai lá "de visita". Uma dessas visitas foi mais demorada que as outras e permitiu fazer esta bolsinha para guardar o disco externo.
 

 Vou tentar explicar o que aprendi:
  1. Coser o tecido do padrão vermelho ao das bolinhas e depois a rendinha branca;
  2. Coser de lado, para fazer "um saquinho";

 
3. Fazer um "saquinho" de esponja, para proteger o disco externo das pancadas;

 
 4. Fazer um "saquinho" branco para ser o forro e colocá-lo dentro do saquinho de esponja;

5. Antes de colocar o saquinho de esponja dentro do das bolinhas, coser na diagonal uns 4 cm, para fazer o fundo da carteirinha;



 6. Depois de já estarem os "saquinhos" todos uns dentro dos outros, vem a parte difícil, que é ajustar ao fecho.
 
7. O truque é experimentar e alinhavar até se obter uma distribuição uniforme do tecido em relação ao fecho e depois cortar o excesso. Depois, substitui-se o alinhavo pela linha definitiva. As senhoras cosem com linha de fazer renda, pois é mais forte.
 
8. Esta fase já é opcional. Como o tecido do forro é branco e a linha para  coser o fecho é azul escura, ficava feio por dentro. A solução encontrada foi disfarçar com esta gregasinha  branca.
 
E pronto, foi assim que passei uma agradável tarde de conversa com senhoras de idades muito diferentes (dos 11 aos 77!) e fiquei feliz e contente com a minha bolsinha para o disco externo! Claro está que já estou a magicar outras peças, a combinar com esta, vamos ver.
 
Até breve!!

 
 


2 comentários:

  1. Uau! Trabalhoso, mas muito bonito. Tenho um porta moedas semelhante, também feito em Portugal. Acho essas iniciativas muito interessantes, todos saem a ganhar com a troca de experiências.

    ResponderEliminar
  2. Fico feliz de ter gostado da minha bolsinha, é mesmo boa para andar com o disco externo casa/trabalho/casa. Mas valeu mais ainda pelo convívio! :)

    ResponderEliminar