Seguidores

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Garrafão de vidro

Há uns dias, ao vir para casa, reparei que estava um garrafão de vidro junto ao contentor do lixo. Tive vontade de o ir logo buscar, mas tive vergonha... Como em qualquer aldeia por esse país fora, na minha Aldeia há sempre velhotes na rua  "a ver quem passa", se eu levasse um garrafão do lixo, ia certamente ser tema de conversa. 

Felizmente, da minha casa dá para ver os ecopontos e, de vez em quando, espreitava para ver se ainda lá estava. À noite, quando os velhotes já lá não estavam, fui discretamente despejar o lixo  e trouxe-o para casa.
 Vinha um bocadinho sujo, mas era pó e musgo, que facilmente eliminei  só com água. Depois de bem lavadinho, passei-lhe um algodão com álcool, para ficar brilhante e sem os restos de cola.

 A fraca qualidade das minhas fotografia não permite ver bem, mas o vidro não é liso, tem algumas partes em relevo. Nunca tinha visto um assim.

Ainda não sei ao certo que destino lhe dar, agora está ali ao lado do móvel da televisão, com uma orquídea artificial. Mas acho que merece mais, só ainda não sei o quê.
Até breve!!

6 comentários:

  1. Olá!
    O garrafão é lindo e o vidro nota-se perfeitamente que é irregular o que lhe dá ainda mais beleza. Ainda bem que tiveste hipótese de o ir resgatar. Por coincidencia, hoje ao entrar num andar velho, em péssimo estado e devoluto (por força da minha profissão, faço-o várias vezes) ambém tive a sorte de encontar várias coisas: 4 cadeiras lindas, um cadeirão anos 50, uma pequena balança antiga com os pesos, 2 ferros de passar daqueles a carvão, 2 cúpulas de luminárias e...um garrafão do gênero do teu, só que verde. Fiquei com quase tudo, mas o garrafão ficou para a minha colega, que o vai transformar num candeeiro de mesa. A parte de furar o vidro e fazer a fiação, ela vai ter que pedir a uma pessoa entendida para fazer. Mas achei boa a ideia, e penso que ficará bonito. Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Às vezes tenho inveja da tua profissão!! ;)
    E agora o que vais fazer com esses achados maravilhosos?
    A hipótese de usar o garrafão para fazer um candeeiro está em aberto. Já andei vendo umas ideias na internet e a ligação elétrica nem é um problema por aqui. A questão é mesmo o furo para o fio. Não sei onde/ como fazê-lo. Vi inclusivamente uns cujo garrafão não era furado, mas achei que ficava mais feio. Falaram-me de "uma broca de diamante", nem sei o que isso é, mas quero experimentar 1º numa garrafa qualquer. Vamos ver...
    Bjs e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. olha, as cadeiras vou reformá-las e colocar na minha mesa de jantar, porque as que lá estavam, dei-as à minha filha. O cadeirão, vou ter de guardá-lo. Esqueci de mencionar, que tb lá estava uma penteadeira com aquele espelho tripartido, em perfeito estado. Tb vou guardar, porque não tenho mesmo onde colocar. Encontro muitas coisas, é verdade. Porque as pessoas moram 40, 50 anos numa casa, morrem, e muitas vezes os herdeiros, não tiram tudo, porque não dão valor aquelas coisas.
    Já vi pela net muitos passo a passo para o furo em vidro. Existe essa tal broca e parece que o segredo é fazer aquilo com muita calma e aos poucos, para não partir o vidro. E é verdade que fica mais bonito quando o fio passa por dentro da garrafa. E se tentasses num vidraceiro aí da tua aldeia, ou perto. Será que eles fazem esse tipo de serviço? beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Pois é, as pessoas às vezes não dão valor, outras vezes é mesmo uma questão de espaço.
    Descobri, no site da Leroy Merlin, que há uma broca específica para vidro, vou tentar comprar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Que lindo! :))
    Apesar de adorar vê-lo ai com a orquidea...o candeeiro era ouro sobre azul! :)
    Vou ficar curiosamente à espera de ver o resultado!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou mesmo com vontade de fazer o candeeiro, vamos ver se consigo e quando.
      ;)

      Eliminar